Lenno Maia e sua história de vida até aqui – passos de trabalho, fé e obediência.

O cantor fala um pouco de si, dos 40 anos como músico profissional, dos 30 anos de ministério musical e do seu novo projeto “Lenno Maia – 40/30”.
Por Ana Paula Costa Jornalista 
Lançando de maneira muito especial o seu novo projeto, intitulado “Lenno Maia – 40/30”, o cantor abre o livro da sua vida e faz um resumo dos capítulos que “escreveu” até aqui. O projeto, que terá o selo da Gospel Music Brasil, será composto por um EP, com seis músicas e seus respectivos videoclipes. Lenno Maia é um cantor e compositor conhecidíssimo e muito amado no cenário cristão gospel, mas o fato é que nem todos conhecem a sua história de vida e sua vida na música. Para comemorar o seu aniversário de 30 anos de ministério e os 40 anos de carreira musical, ele compartilha um pouco do seu muito até aqui.
O início
Lenno Maia nasceu em uma casa muito simples, com a ajuda de uma parteira em um pequeno distrito chamado Divino do Traíra, município mineiro de Engenheiro Caldas, na região de Governador Valadares (MG). Morou pouco tempo nesse lugar com a família, pois, aos dois anos de idade aproximadamente, eles se mudaram para Belo Horizonte (MG). Desde muito criança, ele já cantava para a família e os amigos. Autodidata, Lenno aprendeu a tocar sanfona sozinho quando tinha apenas quatro anos de idade. Seu pai tinha uma pequena sanfona de oito baixos e o proibia até de “encostar” nela. O pai a guardava a sete chaves no guarda-roupas, mas quando ele saía para o trabalho, o pequeno Lenno se assentava na cama e sua mãe colocava a “charmosa” sanfona em seu colo: “Assim, fui aprendendo ouvindo músicas sertanejas da época.
Então, entre os 7 e 8 anos de idade, Lenno começou a cantar com um parceiro em bares, restaurantes e até boates de Belo Horizonte. Esse foi o começo da sua vida artística, porque desde a primeira apresentação, eles recebiam dinheiro para se apresentarem. Essa primeira dupla chamava-se “Railton e Nery”; Lenno (Railton) tocava sanfona e fazia a primeira voz, o Nery tocava violão e fazia a segunda voz. Na época, Lenno era apenas uma criança, então, Nery teve permissão dos seus pais para ser o responsável pelo “menino Lenno”. o fato de Lenno ter acesso àqueles lugares sem restrição se devia ao fato de Nery ser um sargento da PM-MG. Eles ficaram se apresentando por mais ou menos um ano. Juntos, participaram do seu 1º festival de música, realizado pela empresa multinacional SIANA, localizada em Contagem (MG), onde ganharam o 1º lugar, concorrendo com outros cantores solos e duplas. O prêmio foi um troféu e um valor em dinheiro.
Todo o dinheiro que Lenno ganhava, ele entregava nas mãos de sua mãe, para ajudar nas despesas da casa, pois sua família era muito humilde: o pai era pedreiro e a mãe, dona de casa; o casal tinha oito filhos. Aos nove anos de idade, Lenno tirou sua carteira de músico na OMB – Belo Horizonte, tocando dois clássicos da música brasileira “Brasileirinho” e “Tico Tico no Fubá”.
Ainda aos nove anos, conheceu Márcio, de 11 anos, que tocava violão e fazia a 2ª voz. Ficou decidido que seria melhor que Lenno fizesse dupla com alguém da sua idade. Lenno e Márcio se apresentaram em dezenas de cidades nos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo, além de participarem de programas ao vivo de rádios como “Inconfidência” e “Itatiaia” também em BH; estiveram diversas vezes no programa da “Tia Dulce”, na antiga TV Alterosa, entre outros.
Eles fizeram mais de três meses de campanha política para um governador de Minas e guardaram aquele dinheiro e o de outras apresentações com o propósito de gravarem o próprio disco. Então, no ano de 1996, foram para São Paulo e gravaram um LP pela gravadora Araponga, disco produzido por Pinóchio, produtor famoso dos sertanejos atuais e da época. Mas a gravadora ficou com todo o dinheiro que eles pagaram; depois, ela faliu. Assim, o disco da dupla “Márcio e Railton” não foi lançado. Essa dupla existiu por aproximadamente três anos.
Uma nova vida
Nessa época, Lenno Maia recebeu Jesus em seu coração e entregou a Ele o controle total da sua vida. Isso aconteceu na Igreja Metodista Wesleyanna, em Contagem (MG). Entretanto, como sempre entendeu que da mesma fonte não pode jorrar água doce e salgada, ele não aceitava tocar músicas seculares e servir a Jesus ao mesmo tempo, adorando-o no púlpito. Infelizmente, por necessidades financeiras, precisou continuar fazendo shows por um tempo. Mas sempre antes de cada apresentação, Lenno dobrava os joelhos sozinho no camarim e dizia: “Senhor, só tu sabes da minha sinceridade. Tu sabes que o meu coração já não está mais nestas coisas, estou aqui porque preciso desse dinheiro, mas eu tenho a absoluta certeza de que, no momento certo, o Senhor vai fechar as portas do mundo para mim e vai escancarar as portas no meio evangélico, para que eu viva pelo resto dos meus dias louvando somente o Teu Santo nome.”
Nessa época, Lenno conheceu um adolescente de 15 anos chamado Roberto Carlos; com ele, montou uma dupla sertaneja de muito sucesso. Para um bom nome da dupla, Railton adotou o nome artístico de “Lenno” e Roberto, o de John. A dupla se chamava “Johny e Lenno”. Logo, eles começaram a ganhar destaque na mídia mineira por terem uma banda sensacional, ensaiada e com instrumentos importados de última geração, o que para a época era muito difícil e caro. A agenda de shows da dupla aumentava a cada mês: contratos com prefeituras, casas de shows importantes, participação em diversos festivais com música de própria autoria. Eles sempre conquistavam o 1º lugar. “Johny e Lenno” se apresentaram nas mais famosas casas noturnas de BH como “Canga e Candeia”, na Savassi, inauguração do “Camarim Night Club”, e foram a primeira atração musical do restaurante “Xapuri”, na lagoa da Pampulha”, entre outros.
Eles tocaram diversas vezes no mesmo palco com grandes nomes da MPB, como Chitãozinho e Xororó, Kid Abelha, Jorge Ben, Leandro e Leonardo, Elba Ramalho etc. e outros, até serem contratados pela rede Bandeirantes Minas, como atração principal e acompanhar outros artistas convidados do programa “Paradão Sertanejo”, apresentado por Luiz Bonner. Esse programa era gravado às sextas-feiras em cidades diferentes, indo ao ar todos os domingos pela manhã, com o sorteio da Loteria Mineira. Ficaram nesse programa por mais de dois anos, sendo muito bem-sucedidos musical e financeiramente.
No dia 27 de abril de 1994, ao se apresentar no Parque de Exposições da Gameleira (BH) para uma multidão de pessoas, “fui maravilhosamente visitado pela doce presença do Espírito Santo de Deus que me chamou de volta para a Sua presença dizendo-me três coisas: ‘Se você voltar para a minha presença agora, de todos os teus pecados, Eu nunca mais me lembrarei. Tudo o que o mundo lhe tem dado até hoje, Eu, o Senhor, tenho coisas muito melhores para você aqui e na minha glória. Os talentos e os dons que Eu, o Senhor, confiei nas suas mãos, não foram para cantar essas músicas profanas aos meus ouvidos, mas foram somente para adorar o meu Santo e Poderoso Nome’.”
Ali mesmo, com lágrimas nos olhos, Lenno voltou para Jesus! Depois de pouco mais de um ano, cumprindo a agenda lotada de compromissos já assumidos, ele fez o seu último show secular, na cidade de Abre Campo (MG), no dia 25 de setembro de 1995.
Nesse mesmo ano, o cantor Mattos Nascimento o convidou para gravar seu primeiro CD ao vivo na casa Rio Sampa. Depois de ter ajudado nos arranjos e mixagem desse projeto, o cantor convidou Lenno para ser seu produtor musical, arranjador e tecladista exclusivo. Convite aceito, Lenno se mudou com sua esposa para o Rio de Janeiro, congregando, até 2002, na Igreja Batista do Comari, dirigida pelo pastor Saulo. “Nessa época, sentimos orientação de Deus para congregarmos na AD Campo Grande, pastor Daniel Malafaia. Pela misericórdia do Senhor, sou ministro do Evangelho pela convenção de Madureira e, como sempre seguindo a orientação de Deus, estamos vivendo nos USA desde 2017”, conta Lenno.
Comemorando
Hoje, aos 49 anos de idade, tendo se profissionalizado aos 9 anos, somam-se 40 anos como músico profissional. No 27 de abril de 2024, Lenno completará 30 anos de ministério, servindo a Cristo, cumprindo agendas, ministrando a Palavra de Deus e sendo o produtor musical e arranjador de dezenas de outros cantores e cantoras.
Nesse período, Lenno teve a alegria de ter passado da marca dos 150 CDs produzidos por ele. Contratado por gravadoras, cantores independentes, bandas, ministérios de louvor de igrejas, corais etc., além de ter participado como músico acompanhante em outras dezenas de CDs e DVDs, como Rose Nascimento, Shirley Carvalhaes, Cassiane, Lauriete, Paulo César Baruk, Banda 4/1, Alex Gonzaga, Cristina Mel, Jamily, Mara Maravilha, Ron Kenoly, Mattos Nascimento entre outros.
Como compositor, são mais de 100 músicas autorais gravadas ou com parceiros(as) como Flávia Afonso, Marcus Salles, Moisés Freitas, Tuca Nascimento etc. “A mais importante de todas é a minha esposa, Aline Maia, a compositora com quem tenho o maior número de composições em parceria. Namorando com minha doce Aline há quase 33 anos, temos uma filha abençoada de 28 anos, que, além de ser psicóloga, canta extraordinariamente bem; seu nome é Clara Andrade.”
Sobre o projeto
O projeto “Lenno Maia – 40/30” terá o total de seis músicas escolhidas com muito carinho: “Estou certo de que surpreenderá a todos que apreciam minhas músicas e que acompanham meus lançamentos passados e os atuais, por conta da unção de Deus em cada letra, melodia, arranjo e sonoridade.” Como tem alguns CDs lançados no decorrer da sua história e esse projeto incluirá músicas inéditas e duas regravações de outros autores, ele teve de escolher somente duas das músicas que marcaram sua vida por onde passou, uma vez que as pessoas cantavam com ele em um lindo coro “e não poderiam jamais sair do meu repertório. Para todas as regravações, fiz uma nova roupagem de arranjos e elas vão surpreender a todos”.
Lenno conta que convidou uma pessoa muitíssimo especial e que teve a honra de ela aceitar o convite para cantar uma música com ele, uma canção “de nossa autoria, falo da participação mais que especial da minha esposa, Aline Maia, na música ‘Refez a Minha História’. Nesse primeiro EP regravarei, com uma nova roupagem de arranjos, uma música de autoria da minha esposa em parceria comigo, que foi e ainda é um grande sucesso na voz de Rose Nascimento, chamada ‘No Silêncio’”. 
Também com uma nova roupagem, Lenno regravará a música “Dia de Sol”, outro grande sucesso que já foi gravado por outros nomes da música gospel como Gerson Rufino, a música é de autoria de Everaldo Gretter e Pracidio. Haverá também uma inédita chamada “Fala Comigo Agora”, duas regravações que estão nos seus CDs: “‘É Pela Palavra” e ‘Isso que é Poder’, “com novas caras de arranjos”.
As fotos e vídeos foram feitos por Aline Maia. Os vídeos foram gravados em uma cabana particular nas Montanhas de Logan, Ohio (Usa). Arranjos, produção musical, teclados e acordeon: Lenno Maia. 

Mixado e masterizado no Maia Music Studios USA – por Lenno Maia. Músicos convidados. Bateria: Guilherme Santana – Gravou na Holanda. Baixo 1: Jasiel Xavier (músico dos DVDs de Zé Neto e Cristiano, Henrique e Juliano, dentre outros). 
Baixo 2: Beethovinho (músico acompanhante de grandes nomes do sertanejo). 
Guitarras e violões: Henrique Garcia (músico dos DVDs de Zé Neto e Cristiano, Henrique e Juliano, dentre outros). 
Percussão: Piolho (músico acompanhante de grandes nomes do sertanejo). 
Discografia: 
CD “Somos Peregrinos” (1999). 
CD “Olhos da Fé” (2002). 
CD “O Sanfoneiro de Jesus” (2010). 
CD “Coletânea” (2013). 
CD “O Sanfoneiro de Jesus” Vol.2 
(2014 – Sony Music). 
Singles: 
“O Mundo Parou” (2020), “Português e Espanhol”. “Amar é Fácil” (2020). Cabô (2021). 
“Te Estende a Mão” (2021). 
“Abençoado eu Sou” (2021). 
“Era Ele” (2021). 
“Tô Te Querendo Demais” (2022). 
“Esse é o Dia” (2022). 

Ouça nas plataformas digitais a canção “Dia de Sol”, do projeto “Lenno Maia – 40/30”. Adicione à sua playlist: https://orcd.co/diadesol
Assista ao videoclipe da canção “Dia de Sol”, “Lenno Maia – 40/30”: https://www.youtube.com/watch?v=UsCK_IGLuyw

Acompanhe o trabalho do cantor Lenno Maia nas Redes Sociais!
Instagram: https://www.instagram.com/lennomaia
Facebook: https://www.facebook.com/LennoMaiaMusic
YouTube: https://www.youtube.com/LennoMaiaOficial

Postar um comentário

deixei sua mensagem aqui

Postagem Anterior Próxima Postagem
Inova Gospel News